Seu sexo é verde?

Viu isso? O Greenpeace mexicano lançou uma cartilha para fazer a vida sexual daqueles que estão preocupados com o meio ambiente. “Cuidar da terra nunca foi tão erótico”, diz o texto. O genial é que, por mais bizarro que isso possa parecer, as dicas fazem sentido e deviam mesmo ser postas em prática.
O primeiro mandamento diz que, pra economizar energia e diminuir a liberação de CO2, sexo com as luzes apagadas é melhor. E a gente concorda. O tato fica mais aguçado e aquela pinta esquisita que você tem, cadê? Ninguém vê.

O texto segue falando até da procedência da madeira com que é feita a cama e os instrumentos sado-masoquistas: estes materiais devem possuir certificados ambientais que garantam que venham de processos de extração sustentável de madeira. Só não dá pra imaginar o cara perguntando sobre certificados ambientais pro balconista da sex shop, né?

A melhor parte é a que diz respeito à água. O Greenpeace recomenda banhos em conjunto para evitar o desperdício.

Comidas afrodisíacas são abordadas no segundo mandamento da ONG. Se o casal acha legal isso, que use frutas como o guaraná, cerejas e framboesas com procedência orgânica e livres de pesticidas. Ostras, mariscos e camarões, também considerados iguarias, não são recomendados pois a pesca destes animais está destruindo os oceanos.

Os lubrificantes íntimos também são abordados. Segundo dizem, melhor preferir produtos à base de água, tipo KY, e nunca de petróleo, como a vaselina. “Grandes empresas petrolíferas estão destruindo o planeta. Não permita que se metam debaixo de seus lençóis”, diz a ONG. O texto destaca também que a saliva ainda é muito útil para resolver o assunto. Ui.

Gente, adorei. Não acharam o máximo isso? Espero que todos vocês aí já estejam fazendo sua parte. O Greenpeace subiu no meu conceito. Depois desceu. Subiu de novo, devagarinho. Aí depois foi de ladinho.

Para ouvir depois de ler: Turn My Way – New Order

Anúncios

6 comentários em “Seu sexo é verde?

  1. Bem inovador, mas ainda falta muito para o Greenpeace subir no meu conceito, vejo muito marketing por detrás do Greenpeace, não sei se eles estão realmente interessados na proteção do planeta, aliás, fico meio com um pé atrás das ongs.Vc sabia que existem mais ongs de proteção ao índio do que índios?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s