Retrospectiva

Então (tô adorando começar minhas frases assim, com “então”, como fazem os paulistas), o que falar de 2008? Bom, foi um ano com muitas expectativas. Algumas frustradas e outras superadas. Mas acho que sempre é assim. Só posso dizer que conheci muita gente legal, gente de fora de BH. Viajei sozinho pela primeira vez, fiz tatuagens novas, fui 30 vezes ao cinema. Li menos livros que queria, comecei a trabalhar em período integral e tomei pau em uma matéria na faculdade (Economia). Mas é a vida. Tirando as coisas ruins, tá tudo excelente.
Filme de terror do ano: REC
Caramba, nunca pulei tanto de susto no cinema. Sem contar que é um feito eu ver filme espanhol no cinema (pronto, admito).

Ação do ano: Batman – O Cavaleiro das Trevas
Precisa falar? Esse filme chuta bundas. Detalhes aqui.

Filme de mulherzinha do ano: Juno
Antes que condenem, “Juno” é filme de mulherzinha sim. Afinal, que outro você já viu que fala de achar sua alma gêmea aos 16 anos? Enfim, o que importa é que o filme é super divertido e tem uma trilha sonora ótima.

Musical do ano: Sweeney Todd
Odeio musicais, mas impossível deixar de ver um do Tim Burton com Johnny Depp no elenco. Uma história de terror, cheia de piadas e músicas bem legais. Vi no cinema várias vezes, baixei a trilha, comprei o DVD. Ô fase.

Animação do ano: Wall-E
Simplesmente uma das coisas mais bonitas que eu vi no ano. Daqueles filmes que colocam todo o planeta numa perspectiva diferente. A Pixar se supera mesmo a cada filme (com exceção de “Carros”, que me funciona como um sonífero).

Comediante do ano: Sarah Silverman
She’s fucking Matt Damon e outros motivos muito bons. Eu ri.

Show do ano: Madonna
Olha, esse foi um desses anos que fui a poucos shows. Teve Fernanda Takai em março e Overstate em junho. Mas nada que se compare com Madonna no Morumbi. Primeiro show dela que eu vou, primeira viagem sozinho a São Paulo. Foi genial. Detalhes aqui.

Gadget que não preciso do ano: iPhone
Parece que tem gente que não se acha alguém na vida se não tiver um. Coisa de cabeça pequena. Ele não faz nada que um Blackberry bom não faça. Sem contar que é deveras grande.

Anúncios

Um comentário em “Retrospectiva

  1. Eu achei que tinha comentado nesse post e vi que fiquei só no pensamento. Primeiro, obrigado por citar o Overstate, nada que se compare com Madonna, veramente =PE essa semana chegou o nosso DVD do Batman e já vimos de novo! Agora quero ver os extras. Tenho que concordar, esse filme chuta bundas demais. Também concordo que Wall-E é uma das coisas mais bonitas que vi (não só no ano) e finalizando, amei o “gadget que não preciso”!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s