E as piadas gays de "A Era do Gelo 3"?

Acabei de chegar do cinema. Fui assistir “A Era do Gelo 3”. Eu poderia falar sobre como é divertido assistir um filme em 3D, das diferenças básicas entre as animações da DreamWorks e da Pixar ou mesmo da loira que sentou ao meu lado e tinha guardado os óculos achando que eram um brinde até que seu namorado explicou o conceito de “filme em 3D” para ela. Mas eu vou falar de outra coisa.
A quantidade de piadas sexuais e homossexuais que existem no filme é absurda. Mas isso não é ruim. Pelo contrário! Muito bem colocadas, nenhuma delas é preconceituosa ou de mal gosto.

Não viu o filme ou não lembra? Então vamos a exemplos – que podem conter spoilers.

Primeiro que Sid, uma preguiça desengonçada, fica com ciúmes de outros personagens do filme prestes a ter um filho. Ele rouba os ovos de uma dinossauro e quer criar os pequenos monstrinhos como se fossem seus. Ele não só se refere sempre como “mãe” dos bichos, como também se rotula “uma mãe solteira querendo criar seus bebês nesse mundo cruel” – tudo isso fazendo hilários black bitch moves.

O mesmo personagem sai em busca de comida para seus recém nascidos. Ao avistar uma búfala, segue pé ante pé para ordenhá-la e servir sua cria com seu leite. O filme simplesmente corta para a próxima cena: Sid sendo perseguido pelo animal enfurecido e gritando para ele: “Achei que você era uma fêmea!”

Mais para frente do filme, Buck, um personagem da nova safra cheio de histórias para contar, explica o motivo de poder expulsar sem meias palavras uma borboleta pré-histórica enorme de seu caminho: “Eu conheço ele desde que era uma larvinha. Sabe? Desde antes de sair do casulo” – numa clara referência a gays enrustidos.

Não é a primeira vez que isso aparece no cinema. “Madagascar 2”, outra animação do mesmo estúdio, também é cheio de ótimas piadas do tipo. Eu acho essa iniciativa ótima. Trata-se de um assunto delicado, mas que pode ser tratado com delicadeza pelas pessoas certas.

E precisa ser assim. Em 2009 não dá para criar filhos ignorantes sobre o assunto. Como é dito no filme “Milk” (que eu revi esta semana com minha irmã de 15 anos) crianças e adolescentes precisam saber que não estão errados, que não são doentes ou odiados por Deus. Assim eles poderão se sentir confortáveis na própria pele e serão seres humanos mais decentes. It’s OK to be gay.

Para ouvir depois de ler: Why It’s So Hard? – Madonna

Anúncios

9 comentários em “E as piadas gays de "A Era do Gelo 3"?

  1. Assim como você, considero que as tiradas são "muito bem colocadas" e que "nenhuma delas é preconceituosa ou de mal gosto". Muito pelo contrário, a impressão que fica é a de que as piadas foram colocadas ali para este público (gay) rir de si mesmo e não o inverso, dos héteros reirem de forma debochada dos homossexuais.Uma experiência interessante, vivida por mim, ao ver o longa, foi quando notei que apenas eu e meu namorado rimos com a referência aos gays enrustidos.É claro que não tenho a posição, nem a mentalidade, de um hétero relativamente homofóbico. Mas tenho a convicção de que em nem um momento eles se sentiram incomodados, a ponto de impactar no julgamento de qualidade ou diversão do filme. Assim como dificilmente um gay sai da sala de exibição com a sensação de ter sido discriminado. Ficando então apenas o saldo positivo dos risos pró-LGBT.Definitivamente, Carlos Saldanha e a DreamWorks acertam na mão, não só na qualidade, como no conteúdo.

    Curtir

  2. Possuo um ponto de vista diferente. Vi o longa no dia de sua estréia e apesar de ter gostado do filme, fiquei pensando sobre as referências gays nele colocadas.A Era do Gelo é um desenho voltado para o público infantil e por mais que julguemos a capacidade de articulação cognitiva das crianças, é provado que mensagens sublinares ou texto indutivos (que é caso aqui) são perfeitamente assimilados pelo público alvo (as crianças no caso).Sendo assim, se pegarmos a maneira como foi posta as referências homossexuais durante o filme, veremos que não foram destinadas a serem piadas "do" ou "para o" público gay. Elas vão, na minha opinião, ao encontro de instigar a homofobia nas crianças.Peguemos dois dos exemplos citatos no post.Quando Sid se intitula de "mãe" e diz querer cuidar dos ovos, é reprimido pelos amigos que o rodeiam além de indiretamente transmitir a idéia de que um gay solteiro não é capaz de cuidar de uma criança, já que Sid se mostra extremamente preocupado porém sem os cuidados certos para tal. Os filhotes ficam ao final do filme com a mãe dinoussauro, o que dá a idéia de que filhos biológicos são melhor cuidados por pais biológicos, e pra consolo a mãe dinossauro deixa os filhotes se despedirem de Sid, uma cena que nos diz mais ou menos "Você pode ser gay, porém não terá direito a criar crianças, no máximo ser amigo de alguma família de pais com filhos biológicos".No outro exemplo, Buck (e não BUT, como coloca o post), conta ter expulsado uma borboleta do território. Aqui a homofobia é muito mais evidente. É explicido que a idéia da frase "conheço esse cara antes dele sair do casulo", era "vc pode ser um gay enrustido, mas nunca 'saia do armário' pois será excluido socialmente".Essas mensagens contidas no filme são, ao meu ver, de mal gosto e homofóbicas. Trabalham diferentemente na cabeça de um gay adulto e de uma criança que está descobrindo sua sexualidade. Temos que ficar atentos a isso. Afinal, adultos não são o público alvo do filme.

    Curtir

  3. olha, tá. mas perceba que sid é uma preguiça e os bichos eram dinossauros. ele realmente não poderia cria-los. não acho que há nada de errado com isso. se ele ficasse com os bichos seria bem mais estranho.agora, vem cá, instigar homossexualismo via mensagens subliminares? alguém ainda acredita nisso nos anos 2000? olha, eu fui criado cercado de heteros e vendo filmes com zero referencias a gays e me tornei um. isso aí não tem nada a ver. as piadas estão lá e as crianças que se reconhecerem naquilo já o são. não tem dessa de que "virou por causa do filme", né?

    Curtir

  4. Que tudo isso é uma violação do direito das crianças (principalmente entre 04 aos 09 anos)eu não tenho duvida, qual a orientação sexual que essa faixa etária tem? Inserir esses tipos de linguagem e ideias pra eles não não soa como pedofilia? Isso é desenho para adolescente e adultos? O que a homosexualidade tem haver com o universo tão puro e inocente dos pequeninos. Deixem que os pais, a vida e a idade cuidem disso, tirando essa conotação do filme o resto é todo bom.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s