Você está preparado para o amor?


Independente de ter alguém do seu lado, você já se perguntou se está preparado para o amor? Saiba, de antemão, que uma coisa não está relacionada a outra. Casais casados há 50 anos podem não estar. Amantes recentes podem estar. É tudo uma questão de… de quê?

Ninguém sabe ao certo. Chega uma hora que algo dentro de você estala e você simplesmente sabe. Muitas vezes você ama a pessoa, mas não está pronto para isso e, sem querer, é capaz de sabotar tudo. Quem já teve o coração partido sabe como a falta de explicação de um fim dói bem mais do que o fim em si. Pois todos os fins que fogem do nosso controle colocam na nossa cabeça dúvidas sobre a gente mesmo e nosso lugar no mundo.

Eu não acredito que qualquer simpatia é amor à primeira vista, mas estar junto há muito tempo não é sinônimo de se dar bem. Amor é uma coisa delicada e repetitiva e, de forma nenhuma, deve ser desculpa para testar o outro, apenas testar a si mesmo. Amor de verdade não suporta jogos e labirintos mentais.

Dizem que sexo é o máximo de intimidade possível. Bobagem. Estar pelado do lado de alguém ou dentro de alguém não é nada. Respeitar o caráter, os valores e os traumas do outro, isso sim é intimidade. Amor e intimidade estão interligados em pequenos atos. Em saber que, quando o outro pede duas colheres de açúcar, está na verdade pedindo três.

A pessoa amada é quem está na sua mente quando você ouve as músicas alegres antes de dormir, quando lê um texto bonito, é com quem você se preocupa quando vê que um temporal está sendo armado no céu. Como li outro dia, estar acompanhado é um trabalho árduo, mas disfarçado de aconchego.

Para ouvir depois de ler: Nicest Thing – Kate Nash

Anúncios

5 comentários em “Você está preparado para o amor?

  1. Acho que nunca saberemos ao certo, a não ser tentando… Justamente porque não há algo que defina objetivamente estar ou não preparado.Concordo de novo com você quando você fala sobre os fins que fogem do nosso controle. No final, todas as nossas desilusões acontecem justamente quando perdemos a ilusão do controle que pensamos ter sobre nossas vidas.

    Curtir

  2. Texto muito bonito mesmo. E concordo 100% com ele.Depois de todas as porcarias que já me aconteceram (e não foram poucas) sem eu ter culpa na maioria delas, hoje me sinto preparada para o amor.Acho que ouvi o "estalo". E só consegui ouvir quando aprendi a ter paciência, a ouvir, a aceitar opiniões, a parar de achar que os erros eram só meus. Consegui com o tempo.E, pra mim, amor tem a ver com o tempo. Não o tempo que você fica grudado na pessoa, o tempo que vocês se beijam, o tempo que você perde chorando e se descabelando por causa de uma briga.O tempo que importa é o que você dedica a si mesmo 🙂 [tô viajando, hahahaha]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s