Comediantes em carros indo beber café

Não é segredo pra ninguém que uma das minhas séries de comédia favoritas é “Seinfeld”. E seu protagonista e co-criador, Jerry Seinfeld, não precisava mais fazer nada na vida com o tanto de dinheiro que ganhou lá. Mas ele fez alguns documentários (destaco “Talking Funny”, projeto do Ricky Gervais) e o filme “Bee Movie”, por exemplo.

Seu mais novo projeto é o “Comedians In Cars Getting Coffee”, uma websérie. O próprio nome indica: ele pega um comediante amigo em casa e, de carro, vão para uma cafeteria ou restaurante, conversando sobre a vida e, principalmente, sobre essa incrível profissão que é fazer os outros rir.

Em suas três temporadas online, ele recebeu convidados de várias gerações e é muito complicado escolher os melhores papos.

Para mim, um dos destaques é Alec Balwin, que fala sobre infância e metas de vida aos 50 anos de idade. Atenção para a história que ele conta sobre Burt Lancaster no começo e a de Rip Torn no final.

Captura de Tela 2014-03-21 às 13.44.29

Outros três destaques sensacionais: Jay Leno descreve uma vez que foi fazer stand-up para mafiosos e padres, Tina Fey fala sobre sua vida em família, o prazer de comer o que você gosta (e muito!) e o fim de “30 Rock” saboreando um cronut –  e, claro, Chris Rock falando sobre bullying.

Temos também Sarah Silverman falando (com honestidade e humor) sobre cientologia e sobre mudar a vida das pessoas. Ela faz Jerry Seinfeld levantar da cadeira de tanto rir, mas também fala sério quando ele compara UFC e reality shows de donas de casa: “Elas são pessoas totalmente definidas por dinheiro ou homens. Queridas mulheres de certa idade, seu excesso de cuidados para não parecer velha é o motivo de suas filhas não sonharem com o futuro”.

Captura de Tela 2014-03-21 às 13.50.07

E o incrível Seth Mayers (ex-editor-chefe do SNL e agora dono do próprio talk-show) falando sobre seus pais, Louis C.K. falando do seu barco, de suas filhas e sobre ir ao cinema depois de fumar maconha e o histórico David Letterman falando de sua impressão sobre a comédia nos dias de hoje. Outro episódio imperdível (principalmente para fãs de “Seinfeld”), é o com Michael Richards (o Kramer!) falando sobre jogar xadrez com um mendigo.

Pra quê ver a conversa dos outros? Para rir. Esses papos valem como uma palestra para quem quer trabalhar no showbiz, gosta de séries ou simplesmente gosta de rir.

Mas principalmente por um motivo: essas conversas mostram que é muito fácil tirar das pessoas boas histórias e sempre alguma sabedoria simplesmente estando presente.

Como? Com perguntas honestas, sem mexer no celular e, principalmente, com vontade de ouvir.

(Esse post não é mas pode ser considerado a parte II do “De quando o melhor programa da TV foi feito para o rádio”)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s