Pensando em você

Todo mundo já ouviu ou falou frases parecidas. Que quer dizer isto, “lembrei de alguém”? Quer dizer esquecê-lo.

Sim, pois se a pessoa estivesse na sua mente, ali estaria. Mas lembrar de alguém significa que a pessoa não estava mais presente e foi resgatada por um momento. “Pensar em você” não quer dizer nada mais do que esta metonímia de despertar do esquecimento. Pois, em si, esse pensamento é vazio: não o penso, simplesmente faço-o retornar (na medida mesma que o esqueço). O que a pessoa quer dizer é que não tem nada a dizer, exceto este nada que digo agora, “pensei em você”.

O jovem Freud à noiva, em carta, disse: “Não quero entretanto que minhas cartas continuem sem resposta, e deixarei imediatamente de escrever-te se não me responderes. Perpétuos monólogos a respeito de um ser amado, que não são retificados nem alimentados pelo ser amado, resultam em ideias errôneas quanto às relações mútuas, e nos tornam estranhos um ao outro quando nos reencontramos e achamos coisas diferentes daquilo que, sem confirmação, imaginávamos”.

*Adaptado de “Fragmentos  do Discurso Amoroso”, BARTHES, Roland

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s