dança dos talheres

semana passada eu tive um sonho em que eu achava alguns talheres de casa dentro do lixo. pensava: gente, o que eles estão fazendo no lixo? não era pra eles estarem aqui. onde eu vou comer?

e comecei a catar os talheres. de forma geral, eles estavam até limpos, era só passar uma água e botar de volta para uso. mas lembro de ficar muito encucado no sonho: por qual motivo eles estavam no lixo?

na terapia, papo vem, papo vem, trata-se de um sonho sobre amizades. há muito eu converso nas sessões sobre amigos queridos e outras pessoas importantes que se afastaram – na verdade, esse fato foi um dos principais motivadores pra eu ter voltado para a terapia, por ter percebido que meus problemas psicológicos eram diminuídos ou ignorados pelas pessoas mais próximas de mim, que preferiam se ocupar com coisas mais interessantes e pessoas mais legais. acontece.

e sobre o afastamento, muito não é culpa só dos outros, mas muito é – mesmo que indiretamente. sempre digo: disponibilidade não cai do céu, disponibilidade a gente cria de acordo com o que a gente julga prioridade. falar que tá com saudades não quer dizer que se está com saudades de verdade. e se a pessoa está sempre indisponível para você e disponível para outros, dá pra perceber que algumas decisões foram tomadas do lado de lá.

mas mais importante que tudo isso é saber que tem uns talheres que você pode tirar do lixo. você não sabe bem o que eles estão fazendo ali, como eles foram parar lá, mas você pode tirá-los de lá. e limpar todos eles. e mais: existem outros talheres no mundo, de todas as cores, qualidades e valores. de vez em quando a gente enjoa dos talheres da nossa casa mesmo, é normal, bate uma sensação de que eles já foram muito usados e que uns novos iam dar um gás a mais na nossa cozinha, sabe? se me jogaram no lixo pra dar espaço pra talheres novos, fazer o quê? que façam bom uso desses novos.

e eram apenas garfos e facas no meu lixo do sonho, não tinham colheres. as colherem estavam no lixo anterior e já tinham sido recolhidas pra sempre ou ainda estavam guardadas limpas e intactas na gaveta? nunca saberei.

e é isso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s